Estudo foi publicado na revista «Circulation»

2009-08-26

A carência de vitamina D pode aumentar o risco de doenças cardíacas nos diabéticos. Num estudo agora publicado na revista «Circulation» os investigadores da Washington University School of Medicine in St. Louis demonstram que as células imunitárias com níveis muito baixos de vitamina D tornam-se receptoras de colesterol que pode construir blocos de placas nas artérias. O endocrinologista Carlos Bernal-Mizrachi e a sua equipa descobriram que as pessoas com diabetes são mais susceptíveis do que as que não têm a doença a problemas cardiovasculares devido à carência de vitamina D. Já estudos anteriores ligavam a carência desta vitamina ao risco do desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Mas os mecanismos de como este processo funciona só agora foram demonstrados. Os investigadores analisaram amostras de sangue de 76 pessoas obesas, com 55 anos (em média), com tensão arterial alta, diabetes tipo 2 e baixo nível de vitamina D. Para fazer a comparação, os cientistas testaram o sangue de 15 pessoas com características semelhantes mas com níveis normais de vitamina D e outras 45 pessoas com tensão arterial regular. A partir destas amostras de sangue cultivaram células imunitárias chamadas macrófagos e expuseram-nas a uma forma oxidada de LDL, o chamado “mau colesterol”. No teste, os macrófagos dos pacientes com diabetes tipo 2 foram mais capazes de absorver o colesterol em excesso quando não lhes foi aplicada a vitamina D.

Fonte/leia mais:

O legado de Marie Schlau: literatura e solidaridade

Uma história cheia de intriga, emoções e reviravoltas inesperadas, com a ataxia de Friedreich como pano de fundo. Com todos os ingredientes para o sucesso, agora você só tem que lê-lo!
Todos os fundos obtidos com a venda do livro serão utilizados para a investigação médica para encontrar uma cura para a ataxia de Friedreich, uma doença neurodegenerativa grave e debilitante que afeta principalmente crianças e jovens, que ficam confinados a uma cadeira de rodas. Esta doença reduz a expectativa de vida até perto de 40 anos.

Por esta razão e porque atualmente não há cura, por favor nos ajude derrotar a ataxia de Friedreich, lendo uma história que não o deixará indiferente.
Você pode comprar o livro na Amazon, em Inglês ou Espanhol:
Versão impresa Kindle (Inglês): https://www.amazon.com/Legacy-Marie-Schlau-collective-Friedreichs-ebook/dp/B01N28AFWZ
Versão impresa (em espanhol): https://www.amazon.es/Legado-Marie-Schlau-colectiva-Friedreich/dp/1523287411
Versão e-book (Kindle) (Espanhol): https://www.amazon.es/Legado-Marie-Schlau-colectiva-Friedreich-ebook/dp/B01NAZ8UVS

Go to top